Pesquisar

Como conseguir uma bolsa para pagar o MBA?

Um sonho de muitos estudantes de Administração é conseguir um MBA em uma universidade internacional com reconhecimento indiscutível. Um sonho muito caro e bem próximo à realidade dos que hoje se tornaram milionários. Encontrei essa matéria no Portal da Revista Exame e achei interessante compartilhar aqui. De fato uma pós graduação internacional é uma oportunidade para poucos, pois conforme consta, pode ultrapassar um investimento de 100 mil Dólares. Porém, existe algumas agências financiadoras que estão dispostas a colaborar com a formação do profissional.

Confiram a reportagem abaixo:

Como conseguir uma bolsa para pagar o MBA?

Saiba quais são as instituições que bancam cursos no exterior e aprenda a pleitear o aporte


(Universidade de Harvard: candidatos devem conseguir aprovação no MBA antes de tentar a bolsa de estudos)


A relação custo-benefício para quem faz um bom curso de MBA, quase sempre, tem saldo positivo. De acordo com pesquisas de mercado, um profissional pode ter ganho salarial médio de cerca de 20% após esse período de estudos. Até chegar a essa marca, no entanto, é preciso encarar um longo percurso de investimentos que podem ultrapassar a marca dos 100 mil dólares.
Uma opção para quem não teve tempo suficiente para poupar ou não quer cair nas graças de uma financiadora são as bolsas de estudo oferecidas por organizações sem fins lucrativos. No Brasil, duas entidades mantêm programas desse tipo: a Fundação Estudar, em São Paulo, e o Instituto Ling, de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
Para concorrer a essas bolsas, é preciso apresentar um histórico de excelência acadêmica e profissional. Ou seja, ganha acesso aos recursos, quem teve as melhores notas e que construiu uma carreira coerente e sólida.
Mas isso não é tudo. De acordo com Thais Junqueira, diretora-executiva da Fundação Estudar, os candidatos “devem ser comprometidos com o desenvolvimento do Brasil. Eles precisam demonstrar interesse em retornar para o país após o período de estudos”.
Isso porque a proposta da duas entidades passa bem longe da filantropia. A ideia é formar uma nova elite de executivos brasileiros – que queiram atuar no país.
Os nomes por trás das duas instituições explicam as razões para isso. A Fundação Estudar foi criada em 1991 pelos empresários Jorge Paulo Lemann, Carlos Sicupira e Marcel Hermann Telles, sócios da AB InBev, Lojas Americanas, Submarino, Ingresso.com e da empresa de logística ALL. Em média, a entidade investe 1,6 milhão de reais em bolsas de estudo.
Já o Instituto Ling é mantido pelo casal Sheun e Lydia Ling, controlador do grupo químico Petropar. Desde 1995, a instituição distribuiu cerca de 125 bolsas de pós-graduação para profissionais brasileiros..

Bolsas
Nas duas instituições, o valor da bolsa é definida de acordo com o mérito e condição financeira do candidato. Na Fundação Estudar, esses recursos variam de 5% a 95% do custo do curso de MBA. No Instituto Ling, o valor concedido é, em média, de 10 mil a 30 mil reais.
“O valor da bolsa é depositado na conta do aluno na metade do curso e ele pode usá-lo da maneira que preferir – seja para pagamento do próximo período ou para despesas com moradia e alimentação”, diz Sandra Moscovich, coordenadora do Instituto Ling.

Os bolsistas não têm obrigação legal de reembolsar esse dinheiro. No entanto, movidos por uma espécie de dever moral, quase todos eles quitam o valor da bolsa quando retornam do curso seja por meio de recursos financeiros ou trabalho voluntário nas entidades. Alguns se tornam doadores após esse período. “É questão de fluxo de caixa, para que outros possam ser beneficiados pelo programa também”, diz Sandra.

Seleção
O processo de seleção para as bolsas é realizado, geralmente, no início de cada ano. Para concorrer, o candidato já deve ter sido admitido no curso de MBA em uma instituição estrangeira.
As etapas variam de acordo com a instituição. No Instituto Ling, o candidato deve encaminhar, via sedex, documentos como currículo, carta de apresentação, histórico escolar, além de carta de recomendação e notas do GMAT.
Depois, os candidatos fazem uma entrevista por telefone. Os finalistas seguem para a etapa final do processo que conta com uma dinâmica de grupo. “Nesse dia, nós testamos quais são os valores dos candidatos e a maneira com que eles os defendem”, diz Sandra.
A Fundação Estudar exige praticamente os mesmos documentos. No entanto, o candidato só deve enviá-los caso seja aprovado na fase de testes online. Depois disso, os selecionados seguem para uma dinâmica de grupo, entrevista com ex-alunos e testes. Os finalistas farão uma entrevista com o conselho da fundação
O maior erro de quem passa por esse processo? “Tentar ser alguém diferente do que você é realmente”, afirma Thais, da Fundação Estudar.
Processo de Seleção 2011
Fundação Estudar
Inscrições: até março de 2011
Requisitos: pelo site da Fundação Estudar
Instituto Ling
Inscrições: até maio de 2011
Requisitos: pelo site do Instituto Ling

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia mais