Pesquisar

Divergências de direção e crítica às falhas organizacionais: Estudo de caso às Lojas Virtuais Americanas.com e Submarino.com

Por Lucas Margotti

   Como estudante de Administração na Universidade Federal de São João del Rei, sinto-me capacitado e preparado para esse artigo que visa ser uma "crítica construtiva" para as lojas virtuais que compramos, especialmente as lojas "Americanas.com" e Submarino.

   Conforme sabemos, a Submarino e as Americanas são a mesma empresa (B2W Varejo S.A.) e no mesmo ramo de atividade. A americanas é uma empresa conhecida há anos e a Submarino veio aos poucos conquistando seu espaço. O incrível é que toda essa espansão da Submarino, resultou na fusão com a Americanas, ou melhor, apenas "juntaram as escovas" porque existem muitas divergências de Administração que não caracterizam uma fusão, onde príncipios e valores tambem são alterados.



   No caso da Submarino, acredito que é uma empresa excelente, principalmente para consumidores que gostam de livros. A americanas possui as melhores e mais qualificadas promoções de livros do mercado. É um exemplo de Administração de materiais e estoque. Como todos sabem, essas empresas não administram lojas, exceto a Americanas, mas a administração é baseada no controle e administração de estoque.

   Entretando, o foco dessa análise é a divergência de Administração entre Submarino e Americanas, ou melhor, uma crítica a essa divergência, em especial a Americanas. Tal crítica se deve ao fato de que fui prejudicado recentemente pelas Americanas na compra de um produto.

   Pesquisando sobre comprar nas americanas no google, encontrei vários e vários foruns reclamando da falta de consideração das Lojas Americanas com os clientes. Pessoas que compraram um produto, receberam 3 meses depois, ou então que trocaram uma mercadoria defeituosa e não tiveram retorno. No meu caso, comprei no dia 23 de Janeiro desse ano, com previsão de chegada no dia 17 de Fevereiro. Nesse dia 17, meu painel de pedidos não havia atualizado para em transporte. Contatei a loja e eles me alegaram que por uma falha sistêmica, o pedido foi cancelado. Ou seja, se eu não tivesse feito contato, não haveria informações sobre o produto. Hoje, 4 de março, ainda não tive um posicionamento final da loja.

   São esses e outros problemas que é complexo de entender. As lojas Americanas e as Lojas Submarino são as mesmas, mas o que é diferente então? A Administração ou a Organização em si. Imaginem se por um acaso, as duas publicassem um marketing de fusão de "nomes"? A Submarino seria prejudicada em ambas as partes, caso as americanas aderissem para o nome Submarino ou vice-versa. No primeiro caso, a má-gestão das Americanas agora carregaria o nome de Submarino, o que traria insatisfação na maioria de seus clientes. No segundo caso, se a Submarino aderisse ao nome de Americanas, a loja ia perder méritos de melhor loja virtual e ainda por cima, teria que enfrentar os problemas de má-gestão das Americanas.

   Acredito que propositalmente as Americanas e Submarino mantém o nome no mercado de "B2W S.A", primeiramente para haver competição de mercado entre as duas, para motivar o cliente a comprar em uma das duas lojas, sem saber que são as mesma (Estratégia de Mercado). De outra forma, acredito que o principal motivo, além do verdadeiro que é porque são duas empresas diferentes fundidas para entrar no mercado aberto, o motivo essencial é porque há divergências éticas, administrativas e profissionais, o que pode colidir com o mercado e prejudicar o sistema das duas empresas.

"Essa foi a primeira reportagem crítica do blog em relação à negócios, baseado em acontecimentos reais. Se você possui algum problema relacionado com as empresas acima ou qualquer outro, comente e participe. Publicaremos na próxima edição o seu caso."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia mais