Pesquisar

Comunicação: o ponto de vista

Por Lucas Margotti

Para fechar o ano... qual o poder de uma boa comunicação? Qual o resultado de uma boa comunicação em prol do próximo? Uma das coisas que o Tutor Executivo tem feito ultimamente, e que espero contribuir efetivamente para uma boa reflexão, é a utilização de campanhas e posts virais do Facebook. Muitos deles, mesmo que não voltado para o mundo empresarial ou acadêmico, tem um grande potencial para nos fazer refletir sobre diversos pontos de vista. Recentemente encontrei um que compartilhei e até utilizei como tópico de debate em um grupo de discussão de Marketing de minha turma da faculdade. 

Black Friday no Brasil ou seja lá o que isso for

Por Lucas Margotti

Originalmente, Black Friday é um termo criado no varejo americano para se referir a campanha de vendas anual de todas as lojas, acontecendo na 4º Quarta-feira do mês, após o feriado de "Ação de Graças". O termo "Black Friday" já foi utilizado para diversos acontecimentos e eventos, mas atualmente foi vinculado ao varejo americano. No Brasil, esse termo foi adotado em 2010 por meio dos sites de cupom de desconto para grandes lojas e só serviu para lojas online. 

A revolução do "Leite e Chocolate"

Por Lucas Margotti


Atualmente a marca Toddy é uma das marcas mais bem sucedidas no mercado alimentício e líder no segmento "achocolatado em pó". Sua fascinante histórica mostra que o sucesso da marca se deu pelo aprimoramento da logística e estrutura de produção, além de estratégias de marketing, definidos por cada empresa que adquiriu a marca. Isso pois o produto era o mesmo em todos os momentos: Chocolate em Pó!

Nova campanha da Colgate


Para promover seu fio dental, a Colgate lançou um "post viral" de compartilhamento nas redes sociais em que aponta para a importância do cuidado com os dentes. Nessa campanha aparecem a imagem de três casais com algo peculiar. Para entender bem, olhe atentamente a imagem e confira abaixo algumas observações.

Dica Executiva: Busque seus sonhos


Dica Executiva - Tutor Executivo

Corra atrás do emprego de seus sonhos a todo custo... Se necessário, estude, especialize-se, esforce-se, motive-se, mas faça isso, tente, lute e não desista! O sentimento de luta pela busca do que queremos nos satisfaz espiritualmente e nos faz querer sonhar ainda mais, deixando-nos cada vez mais forte. 

Dois Tipos Básicos de Empresas




Por Lucas Margotti

É possível perceber atualmente que existem duas tipologias de empresas no mercado. Existem aquelas que conseguem milhões ou bilhões em lucros mas, em contrapartida, promovem o desenvolvimento social e milhões em investimentos para a sociedade. O crescimento dessas empresas promovem o crescimento do ambiente onde estão inseridas, gerando emprego, renda para a comunidade, oportunidades e desenvolvimento local. O outro tipo de empresa é aquela que, em um momento de crise ou instabilidade, é capaz de obter lucros para si, mas prejuízos para a sociedade. Promove a dependência da sociedade por ela, mas instavelmente está inserida em um ambiente e em qualquer momento, para ampliar seus resultados, pode manipular todos os seus recursos, tanto trabalhadores quanto o próprio ambiente. 

A história da Chrysler

A história começou em 1923, quando Walter Percy Chrysler, que havia trabalhado na GM (onde ocupou o cargo de vice-presidente), Willys-Overland e Buick, dono das empresas de automóveis “Chalmers” e “Maxwell”, resolveu fundar sua própria montadora de automóveis na cidade de Detroit baseada na infra-estrutura da Maxwell Motor Car. No ano seguinte, redefinia o conceito de carros de passeio ao apresentar, no dia 5 de janeiro, o CHRYSLER SIX, primeiro veículo de sua marca, que incluía um motor de seis cilindros, além de freios hidráulicos nas quatro rodas como equipamento de série. Este modelo foi apresentado oficialmente ao público no Hotel Commodore, durante o Salão do Automóvel de Nova York. Na realidade, W. P. Chrysler queria que seu automóvel fosse exposto no Salão do Automóvel, mas como o modelo ainda não se encontrava em produção, a organização recusou o seu pedido. A solução encontrada foi colocar o modelo, que apresentou pela primeira o medalhão dourado com a inscrição CHRYSLER, na entrada do Hotel Commodore, por onde passavam todos os dias muitos investidores e expositores. A sua estratégia acabou por ser compensada, quando um banqueiro da Chase Securities assinou um acordo no valor de US$ 5 milhões com a Maxwell Motor Corporation para financiar os planos futuros. Em seu primeiro ano o modelo vendeu 32 mil unidades. 

A produtividade da tecnologia no futuro

Conseguem imaginar como será a tecnologia no futuro? Um video que a Microsoft publicou mostra a perspectiva da tecnologia para o futuro. Muito legal. Confiram!

Simplesmente FIAT



A Fabbrica Italiana Automobili Torino (Fábrica Italiana Automobilística de Turim), ou simplesmente FIAT, é hoje uma das maiores empresas do mundo. O portfólio do Grupo FIAT conta com diversas empresas líderes e importantes no mercado automobilístico como a Fiat, Ferrari, Alfa Romeo, Maserati, Chrysler, Jeep, Dodge, Iveco, CNH, Lancia, Autobianchi, Innocenti, OM, Case, Allis, New Holland, Flexy-Coils e Hitachi. Também é dona de um dos maiores times de futebol da Itália, o Juventus FC. As atividades do grupo eram inicialmente centralizadas na fabricação de automóveis e de veículos industriais e agrícolas. Na primeira década do século XXjá fabricava também locomotivas, e, com o início da Primeira Guerra Mundial, passou a fabricar ambulâncias, metralhadoras e até motores para submarinos. Com o tempo, diversificou suas atividades, e hoje o grupo atua em vários setores industriais e financeiros. O centro de suas atividades industriais está na Itália, porém atua através de subsidiárias em 61 países, com 1063 unidades que empregam 223.000 pessoas, 111 mil das quais fora da Itália.

O Poder das Marcas

Por Fábio de Mello
"Administradores.com.br"

José Maia/Revista Administradores


No lançamento do iPad na Apple Stores da China, a fila de entusiastas para entrar na loja rondava quarteirões. Centenas de chineses se aglutinaram por mais de 60 horas para adquirir um dos produtos tecnológicos mais cobiçados da atualidade. Já a McDonald´s, sinônimo de hambúrgueres, atinge números de consumo que ultrapassam a população total de países como Espanha, Canadá e África do Sul. A maior cadeia de fast food do mundo conseguiu criar fãs fiéis de seus produtos e leva quase 50 milhões de clientes diariamente às suas 30 mil lojas espalhados em quase todos os países.

A história das coisas (The Story of Stuffs)

A HISTÓRIA DAS COISAS (Reedição)




Por Lucas Margotti 

Como Administrador e futuro colaborador para o processo de mudanças organizacionais com base na melhoria da cadeia ambiental, acredito que este video é um dos melhores videos já produzidos e divulgados no Youtube. Este video foi baseado na estrutura consumista americana mas serve de parâmetro para qualquer país do mundo. Eu acredito este video possa ser ainda mais importante no Brasil, devido ao crescimento do consumo no país, mesmo em épocas de crise econômica.

Video: Novo comercial da Samsung ridiculariza fãs da Apple


Video mostra consumidores da Apple sendo ridicularizados na fila para comprar o novo iPhone 5 da Apple. Clientes mostram empolgação pelas mudanças do novo aparelho, como tamanho da tela e o fato de ter 4G, algo que já tinha no Galaxy S III, concorrente direto do iPhone. O slogan do video, "The Next Big Thing is Already Here" (a próxima grande coisa já está aqui), é uma paródia ao slogan usado pela Apple no lançamento do iPhone.



OCDE constata a queda no investimento do ensino superior

Pesquisa divulgada nessa terça-feira (11) pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), na França, comprova o que o ANDES-SN vem denunciado há muito tempo: ao mesmo tempo em que ampliou as vagas no ensino superior, o governo reduziu os gastos. Os números mostram que de 2000 a 2009 o investimento brasileiro em universidades caiu 2% e não acompanhou o crescimento de 67% do número de alunos.

Administrador

Por Lucas Margotti

A profissão de Administrador foi regulamentada no Brasil em 9 de Setembro de 1965, pela Lei 4.769 (segue o link da lei) de 9 de Setembro de 1965. Com isso, comemoramos no dia 9 de setembro o DIA DO ADMINISTRADOR. De fato, Administração é meu orgulho e considero uma das ciências mais interessantes do ensino superior e uma das profissões mais importantes para o desenvolvimento e gestão de organizações públicas e privadas.

Importância das mulheres no consumo de automóveis durante o período pós-guerra

Por Lucas Margotti
(Adaptação do estudo de Margareth Walsh - "WALSH, 2011")

Em meus estudos sobre consumo/consumidores de automóveis, tive acesso a um trabalho de Margareth Walsh, da Nottingham University (UK) que me chamou muito a atenção. Em uma de suas últimas publicações (Gender and Automobility: Seeling cars to American woman after the Second World War, 2011), ela destaca a importância das mulheres no consumo de automóveis no período pós-guerra. Por ser o artigo uma excelente publicação e até interessante por mostrar um paradoxo do que a sociedade supõe (mulheres dominantes na direção desde meados do século XX), nada melhor que extrair alguns trechos de sua abordagem em minha análise sobre o artigo e publicar no Tutor Executivo. É um trabalho muito interessante pois, conforme dito, examina o consumo de automóveis americanos, com foco no segmento demográfico "mulheres", por meio de materiais, anúncios e fotografias dessas industrias na época de 1945 a 1980.
 

Video: David Camelô - Como Transformar R$12,00 em R$120.000,00 mensais

Video da palestra "Como transformar R$ 12,00 em R$ 120.000,00 mensais". A história de vida de um camelô que se transformou em um grande empresário e um dos maiores palestrantes do Brasil. Segundo informações contadas na sinópse do video, David é escritor, palestrante e consultor de marketing. Definido como um dos maiores consultores palestrantes na área de marketing e vendas do Brasil, onde é citado pelo americano Phill Kotler, a maior autoridade em marketing do mundo. David chega a fazer 15 palestras por mês e concede inúmeras entrevistas na mídia nacional e internacional. O segredo da Banca de David que é reconhecida mundialmente, foi desvendado. "O segredo é se destacar sempre dos concorrentes", conta David. "O sucesso de um produto está em saber lidar com o publico". "O cliente é mesmo um Rei e não tem conversa. É preciso ter transparência, então não mostre aquilo que não pode oferecer. Os clientes gostam sempre de boas novidades, por isso devemos surpreende-los a toda hora" orientou.

Esse video tem sido compartilhado na rede e é uma ótima lição de empreendedorismo, marketing, estratégia e, principalmente, uma excelente lição de vida. Assim, o Tutor Executivo publica esse video com o intuito de compartilhar os conhecimentos e lições transmitidos por "David Camelô".

Assistam!!

Diferença entre países ricos e pobres



Por Conceição Gomes
Tirado do site: Recando das Letras


Investigações demostram que a diferença entre os países pobres e ricos, não está na idade. Isto pode ser demonstrado por países como Índia e Egito, que têm mais de 2.000 anos e ainda são muito pobres. Por outro lado, Canadá, Austrália e Nova Zelândia, que apenas 150 anos atrás eram desconhecidos, hoje são países desenvolvidos e ricos. A diferença entre países pobres e ricos tampouco está nos recursos naturais disponíveis. O Japão possui um território limitado, 80% montanhoso, inadequado para a agricultura e a criação de gado, mas é a segunda economia mundial. Este país é como uma imensa fábrica flutuante, importando matéria-prima de todo o mundo e exportando produtos manufaturados.

Video: A magnífica história do Lego


O sistema LEGO é um brinquedo cujo conceito se baseia em partes que se encaixam permitindo inúmeras combinações. Criado pelo dinamarquês Ole Kirk Christiansen, é fabricado em escala industrial em plástico injetado desde meados da década de 1950, popularizando-se em todo o mundo desde então. 

Com o intuito de contar de forma divertida a história da empresa, o canal do Lego no Youtube acaba de lançar uma animação de aproximadamente 17 minutos contando a magnífica história da empresa. Confiram o video abaixo:

Video: QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO?


Baseado no livro de Spencer Johnson, "Quem mexeu no meu queijo?". O filme ilustra uma parábola que revela algumas características de mudanças. Divertido e esclarecedor, o video mostra a história de quatro personagens - dois ratos e dois duendes - em busca de uma boa vida, emprego e paz. Muito usado em palestras motivacionais. Assista o video aqui no Tutor Executivo!

Elementos de uma marca: Construção da "Brand Equity"

Por Lucas Margotti


Segundo a American Marketing Association, marca é definida como um "nome, termo, sinal, símbolo ou design, ou a combinação desses elementos, destinado a identificar os produtos ou serviços de um fornecedor (ou grupo de fornecedores) para diferenciá-los dos outros concorrentes. Assim, a marca é portanto um produto ou serviço que agrega dimensões que, de alguma forma, o diferenciam de outros produtos ou serviços desenvolvidos para satisfazer a mesma necessidade (KOTLER, 2006). De fato, a criação e fortalecimento de uma marca requer cuidados no planejamento e necessita de grandes investimentos no longo prazo. Seguindo a proposta de Kotler na definição de marcas, marcas são capazes de identificar a origem ou o fabricante de um produto e permete que consumidores atribuam a responsabilidade pelo produto a determinado fabricante ou distribuidor. Além disso, desempenham funções valiosas para as empresas, simplificando o manuseio ou o rastreamento de produtos, além de ajudar a organizar os estoques e registros contábeis, oferendo também proteção jurídica quanto aos recursos ou aspectos exclusivos do produto, tendo seu nome protegido por marcas registradas, manufaturas por patentes e embalagens por direitos autorais. A Brand Equity, segundo Kotler, é o valor agregado atribuído a produtos e serviços, podendo refletir no modo como os consumidores pensam, sente ou agem em relação a uma marca, seja pelo preço, participação de mercado ou na lucratividade proporcionada pela marca para a empresa. 


O que é preciso para ser um CEO

De Amanda Previdelli, do Portal Exame

Quando abre uma nova vaga de CEO em empresas da América Latina a tendência é que funcionários de dentro das próprias empresas assumam o posto. E neste caso, os diretores das áreas comercial e financeira são os mais indicados para assumir a liderança da companhia, segundo levantamento da Fesa. Mas qual o diferencial dos profissionais desses setores que fazem com que eles sejam os principais candidatos para presidência de uma empresa?


As duas áreas são estratégicas e costumam formar muitos executivos nas empresas, mas por qual motivo? Qual o diferencial dos profissionais desses setores que fazem com que eles sejam os principais candidatos para presidência de uma empresa?


Estudo sobre consumismo erótico em destaque

O "Comportamento do Consumidor" é uma das linhas de estudo de Marketing que visa o entendimento sobre as atitudes e comportamento de clientes e sua relação com produtos, empresas, marcas, etc. É um estudo focado no consumo e demandado pelas empresas para gerir melhor suas relações com seus consumidores. Existem diversas linhas de pesquisas dentro desse tema e atualmente uma pesquisa tem se destacado significamente nesse meio. Tal pesquisa foi desenvolvida pela Dra. Luciana Walter, em sua dissertação de doutorado no Instituto Coppead - Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração da UFRJ - um dos maiores do país. Como professora recente da Universidade Federal de São João Del Rei, rapidamente tem conquistado seu espaço e admiração entre alunos e professores. 

VIDEO: A garota que calou o mundo na ECO 92 (Reflexão)

Olá leitores.

Sugerido por um amigo (João Lopes), assisti esse video da Conferência de 1992 sobre sustentabilidade "ECO 92" ou a "Conferência das Nações Fracas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (CNUMAD)", conhecida também como Rio-92, Cúpula ou Cimeira da Terra, realizada entre 3 e 14 de junho de 1992 no Rio de Janeiro, reuniu mais de cem chefes de Estado que buscavam meios de conciliar o desenvolvimento sócio-econômico com a conservação e proteção dos ecossistemas da Terra.

Nessa conferência, as palavras de uma menina de 13 anos chamou muita a atenção pela sua indignação com a situação do mundo na época. Atualmente podemos dizer que as coisas "pioraram" e que na Rio + 20 esse debate será ainda mais aprofundado, mas vale muito assistir esse video e refletir sobre as palavras que calou a todos na conferência de 1992.


YOUTUBE – Multimídia em todos os sentidos

Por Lucas Margotti

Um dos maiores desafios das empresas de Web no mundo é criar um site útil com um tráfego extenso, possibilitando uma agregação de valor para a marca. Praticamente todos são regidos por essa filosofia, até mesmo o Tutor Executivo. Antes de tudo, um site deve ser útil e necessário para a sociedade, para posteriormente criar valor sobre essa utilidade. Essa tem sido a ideia do Youtube e de diversas outras empresas e sites atuais. Porém, o que será mostrado aqui é uma perspectiva atual (e futura) dos recursos que esse site está oferecendo adaptado aos novos produtos lançados no mercado e o que esse fato ameaçará a outras mídias tradicionais.

O Sucesso da NETSHOES

Uma das empresas e-commerce que considero como as melhores e fiéis a seus clientes. Sou cliente dessa empresa e fiquei impressionado com a eficiência da Netshoes desde a primeira até a minha última compra. Assim, extraído do site Mundo do Marketing e escrito por Sylvia de Sá, encontrei um texto muito legal sobre como a Netshoes conseguiu se estabelecer atendendo às necessidades de seus consumidores. Confiram a seguir...

Netshoes viu na personalização a oportunidade de mudar o e-commerce


A importância do Marketing estratégico no mundo dos negócios

Reportagem extraída do site Mundo do Marketing. É muito importante para as organizações ter conhecimento sobre a importância do Marketing Estratégico no mundo dos negócios. Com esse intuito, o Tutor Executivo publica em sua página para compartilhar essa rica informação aos seus leitores, escrita por Débora Aliprandi, Executiva de Marketing, especializada nos mercados financeiro e de luxo, graduada pela USP e MBA em Gestão de Negócios pela Trevisan.

A importância do Marketing estratégico no mundo dos negócios
Débora Aliprandi - Mundo do Marketing

Estudo amplia conhecimento sobre decisão de compra do consumidor

Tal estudo será apresentado durante o 8º Congresso Brasileiro de Cérebro, Comportamento e Emoções em São Paulo (SP), e foi extraído do portal Administradores.


A ciência está dominando a capacidade de ler a mente do consumidor e já consegue identificar com precisão quando um produto vai emplacar ou não no mercado. Resultados experimentais e novas metodologias voltadas a este propósito serão apresentados durante o 8º Congresso Brasileiro do Cérebro, Comportamento e Emoções, pelo professor da UNIFESP, Álvaro Machado Dias.

Os donos do mundo


(Clique para expandir)

Por "The Illusion of choice"

E-commerce: O futuro do varejo (RETAIL REVOLUTION)

"Cada vez mais os consumidores estão aderindo a comprar pela internet. A desconfiança e praticidade inicial gerada por esse tipo de compra parece estar produzindo um efeito inverso contra as lojas físicas. Devido ao preço, qualidade e praticidade, tais lojas físicas não estão conseguindo competir de forma equilibrada com as empresas online. As maiores lojas do país já possuem uma dupla atividade - online e física - sendo ambas totalmente distintas. Recentemente recebi um email (assinatura feed do Trendwatching) com essa matéria sobre e-commerce e realmente achei sensacional. Portanto, estou compartilhando no Tutor Executivo... confiram!" (Lucas Margotti - TutorExecutivo.com)


Por Trendwatching.com


Exatamente como previsto por e-gurus há 15 anos, o e-commerce está mais em alta do que nunca. Tanto em mercados consolidados, onde os gastos do consumidor estão mudando online, ou em mercados em crescimento onde a urbanização rápida e a crescente penetração da Internet (em celulares) estão criando novos hábitos de compras, os consumidores estão "e-commercing".

500 Abarth ao estilo Sheen: Crítica ao ator por meio do automóvel

Por Lucas Margotti

Há pouco mais de um mês foi publicado no Tutor Executivo um artigo crítico sobre o fato da Fiat usar o ator polêmico Charlie Sheen como "garoto propaganda" do lançamento do "500 Abarth". De fato, o carro rapidamente se tornou um símbolo ao estilo do ator e fez com que muitos seguidores admirassem o carro e o caracterizassem com um estilo de vida rebelde. Porém, com o conflito gerado entre o ator com sua antiga série "Two and a Half Men", surgiu uma oportunidade para criticar o autor por meio do automóvel em uma pequena passagem no 16º episódio da série.

Video: Diferenças de valores e cultura entre gerações

Quais aspectos podemos identificar nas divergências entre gerações? Como as atitudes e comportamentos de diversos profissionais são provenientes das gerações, capazes de impactar o ambiente organizacional das empresas? As respostas para essas questões, além de diversas outras, podem ser observadas no video a seguir. A forma de liderança passou a ser influenciada pela cultura das novas gerações. Como as organizações estão agindo em relação a isso? Confiram o video.



Confiram também:

Itaú sem papel: Preocupação ambiental baseada na redução de custos operacionais

Por Lucas Margotti

Observando as tendências sociais e ambientais, as empresas estão cada vez mais incentivando algumas práticas ambientais como forma de criar uma imagem positiva para a empresa. O banco Itaú tem incentivado à não utilização de papel nos extratos de cartões de crédito, optando pelo recebimento via internet. E como meio de conscientizar essa proposta, o Itaul reeditou um video viral, superconhecido no Youtube, com mais de 34 milhões de acessos. Nada menos que o bebê Micah, um bebê que dá gargalhadas ao ver o papel sendo rasgado. Na realidade, o banco apenas pegou o video original, mudando a cor da roupa do bebê com as cores da empresa e fez dele sua campanha de sustentabilidade. 

Realmente é uma proposta muito boa tanto para a empresa quanto para o meio ambiente. Bancos gastam muito papel e é neste ponto que vem a crítica. Bancos gastam muito, mas muito papel. Realmente se for pensar, muitas coisas nos bancos ainda são efetuadas por meio de papeis e mais papeis. O processo de informatização de todos os processos ainda é insuficiente devido ao fato de que nem todos ainda (clientes) estão seguindo as tendências tecnológicas. Eu sou cliente BB há tempos e nunca recebi fatura impressa. Desde o inicio, sempre recebi todos os dados da minha conta. Sem falar que os extratos em papel tirado nos caixas eletrônicos pode custar muito caro. O banco Santander, desde quando era o Banco Real, sempre optou pela utilização de papéis recicláveis em todas as suas agências. 

A maior crítica dessa propaganda do Itaú está no fato de poder ser uma estratégia de redução de custos operacionais, já que reduz gastos com papeis oferecendo os mesmos serviços via internet. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Gráfica (ABIGRAF Nacional), em um comunicado divulgado à imprensa, a entidade argumenta que o discurso do comercial, de que a suspensão dos extratos impressos pelos clientes contribuiria para “um mundo mais sustentável”, não condiz com as características da produção de papel e celulose nacional. “Não podemos aceitar que uma instituição do porte do Itaú preste esse desserviço à sociedade, transformando o papel de imprimir em vilão. Principalmente quando sabemos que o principal objetivo dessa campanha é a busca da redução de custos operacionais”, argumenta o presidente da Abigraf, Fabio Arruda Mortara em entrevista à Exame.

Confiram os videos abaixo:

Propaganda Itaú - Bebê sem papel
Video Original
Portanto, qual a maior preocupação do Banco? Seria uma preocupação ambiental ou uma estratégia de redução de custos?

FIAT e Charlie Sheen: 500 Abarth ao estilo Sheen

Por Lucas Margotti

Após postar esse comercial na minha página do Facebook e observar a repercussão que esse comercial gerou, pensei então colocar no TutorExecutivo.com para ver qual a repercussão disso na página.




Diversas criticas em relação ao estilo "Bad Boy" do ator tem gerado opiniões prós e contras. Porém, devido ao grande sucesso de sua ex-séria Two and a Half Men", na qual o ator interpretava um papel semelhante e até mais "limpo" ao seu estilo de vida real, muitas pessoas passaram a seguir esse estilo de vida. Uma séria que durante anos mostrou a tragetória de Charlie Harper, que possuia um estilo de vida de um homem rico, com diversas mulheres, bebidas, luxos, etc. Um estilo de vida o qual diversos homens desejam. 

As empresas mais Inovadoras do mundo

O ranking de inovação da revista norte-americana Fast Company divulgado nesta quinta-feira (16) não traz grandes surpresas, pelo menos nos três primeiros lugares. A Apple lidera, o Facebook aparece na segunda posição e o Google vem logo atrás. A grande novidade da lista está na sétima posição, concedida ao movimento Ocupe, que começou em Wall Street e se espalhou pelo mundo, juntamente com os rebeles da Primavera Árabe e os Indignados da Europa.

O sucesso do leite Moça

Produto tem história marcada por inovações no portfólio, nas embalagens e nas ações de relacionamento com os consumidores, que mantiveram-se como verdadeiros parceiros nos últimos 90 anos.

Sustentabilidade infantil: como marcas veem os consumidores do futuro

Artigo extraído do site Mundo do Marketing. Escrito por Por Fernanda Salem

Tang, Danone e Pritt focam em conteúdo sobre o meio ambiente e desenvolvem oficinas, brigadas de reciclagem e jogos educativos para o público menor de 12 anos





Com o mundo mais atento à sustentabilidade e cada vez mais empresas alinhando sua estratégia ao conceito, as crianças ocupam um papel de destaque como os consumidores do futuro. Muitas já tomam iniciativas de proteção ao meio ambiente e chamam a atenção dos pais, usando os ensinamentos que aprendem nas escolas. Aproveitando esta tendência, marcas como Tang, Pritt e Danone focam em passar ideias de consumo consciente para o público infantil, utilizando linguagem lúdica.

Marcas: O que você tem a dizer sobre elas?

Por Lucas Margotti

Com o objetivo de tornar essa publicação mais dinâmica, ao fim do texto, nas barras de comentários, é primordialmente necessário o seu comentário. Então, vamos lá:

Conforme a American Marketing Association (AMA), "marca" é definido como "um nome, termo, sinal, símbolo ou design, ou uma combinação de tudo isso, destinado à identificar os produtos ou serviços de um fornecedor ou grupo de fornecedores para diferenciá-los dos outros concorrentes". Portanto, a marca é um produto ou serviço que agrega dimensões que, de alguma forma, o diferenciam de outros produtos ou serviços desenvolvidos para satisfazer a mesma necessidade. Sendo assim,essas diferenças podem ser funcionais, racionais ou tangíveis, ou seja, relacionadas ao desempenho do produto. Além disso, podem ser também simbólicas, emocionais ou intangíveis, ou seja, relacionadas ao que a marca representa.

2012 em alta dose

Por Lucas Margotti

Primeira atualização do Tutor Executivo em 2012 não poderia ser menos especial, menos crítico, menos idealista e muito menos... atento aos acontecimentos sociais das organizações. Assim, essa primeira atrasada publicação de 2012 chega com tudo contra um tipo de organização que expande constantemente, com um elevado grau de aceitação do público, mas com um falso poder para manipular resultados financeiros de clientes (comandas). Esse fato antiético e ilícito acontece em diversos lugares do Brasil e pode gerar anualmente uma receita beirando os bilhões de reais quando analisado o fato de forma holística.


Leia mais