Pesquisar

Administrador

Por Lucas Margotti

A profissão de Administrador foi regulamentada no Brasil em 9 de Setembro de 1965, pela Lei 4.769 (segue o link da lei) de 9 de Setembro de 1965. Com isso, comemoramos no dia 9 de setembro o DIA DO ADMINISTRADOR. De fato, Administração é meu orgulho e considero uma das ciências mais interessantes do ensino superior e uma das profissões mais importantes para o desenvolvimento e gestão de organizações públicas e privadas.




De acordo com a descrição do que é essa ciência, Administração está fundamentada no estudo e execução de normas e funções para disciplinar elementos das operações e da produção. Estuda empreendimentos com o objetivo de alcançar retornos de forma sustentável e com responsabilidade social. De fato, ela supõe a existência de uma instituição a ser administrada, ou seja, uma entidade social de pessoas e recursos, e o relacionamento dos mesmos em um determinado ambiente, em prol de um objetivo comum. Assim, a gerência de instituições requer conhecimento e aplicação de diversos modelos e técnicas administrativas.

Uma das maiores indignação dos estudantes e profissionais da Administração está na política brasileira. O curso exige muitos esforços e dedicação para a formação de um profissional capacitado. É uma ciência que possui um universo amplo de conhecimentos e técnicas capazes de proporcionar ao profissional uma boa performance a frente de uma organização. Porém, a maioria dos políticos e governantes, responsáveis pelos recursos da União, não possuem conhecimento algum sobre essa ciência. Somos capacitados e treinados para a excelência na gestão de organizações. Assim, nós administradores acreditamos que deveria existir uma exigência para que um profissional ou político se insira na gestão pública, e tal exigência deveria ser a graduação em Administração ou, principalmente, em Administração Pública. Mas não há! Muitos políticos nem se quer conhecem ou estudam as leis e querem o cargo que consolida as mesmas. Portanto, Administradores que deveriam estar na gestão pública e não somente a frente das empresas. Isso provavelmente proporcionaria organização e desenvolvimento para o Brasil.

Administradores são importantes. Seu currículo acadêmico apresenta diversas diretrizes éticas e morais além das diretrizes técnicas. Estudamos filosofia, psicologia, sociologia, antropologia, além de direito público e privado, empresarial e trabalhista. Posteriormente, estudamos as dezenas de raízes da Administração para, somente após 4 a 5 anos na universidade, tornarmos aptos a exercer a profissão. Portanto, um Administrador deve saber utilizar princípios, técnicas e ferramentas administrativas adquiridas na academia. Saber decidir e solucionar problemas, além de saber lidar com pessoas (comunicar, negociar, liderar, conduzir e solucionar conflitos). Ele deve ter uma visão sistêmica e global da estrutura da organização. Ser proativo, ousado e criativo. Ter responsabilidade, profissionalismo, empatia e visão de futuro. E, por fim, deve ser um bom líder!

Administração é fundamental e administradores ainda mais, pois são eles que fazem ela acontecer. Assim, tenho muito orgulho de ser estudante de Administração e de seguir essa carreira. Parabenizo todos amigos e colegas da Administração, além de todos estudantes e profissionais do Brasil.

Leia mais